27 de junho de 2011

Se tiveres um acidente grave, nunca se vai saber, a menos que sejas famoso


Nas ultimas semanas dois acidentes grandes têm invadido as nossas vidas através da televisão.
Primeiro uma explosão desfez um apartamento em Algés, e danificou vários carros e propriedades vizinhas, a noticia teria ficado por aqui, não fosse a dona do apartamento a conhecida Sónia Brazão, neste momento ainda se encontra internada e com 90% do corpo queimado, dizem que foi tentativa de suicídio, pois tinha os 4 bicos do fogão abertos, e que já não seria a primeira vez que tentava contra a própria vida.

Este fim de semana foi o não menos famoso Angélico Vieira que teve um acidente, segundo dizem, vinha do Porto para Lisboa, num carro alta cilindrada, emprestado por uns amigos e sem seguro. a determinada altura um pneu da frente rebentou e ele perdeu o controlo do carro, resultado, uma pessoa morreu, duas estão internadas nos cuidados intensivos e um está "bem", o único com juízo que levava conto de segurança colocado..
No telejornal da hora de almoço de hoje, estavam a dizer que o Angélico está com morte cerebral, e que a outra pessoa que está nos cuidados intensivos é uma rapariga de 17 anos que viajava com eles e que tal como o Angélico e o ocupante que faleceu não levavam cinto de segurança, se os cintos existem porque não os usam???? Não entendo, é mais cool ir sem cinto??? arriscar a vida assim.....

Vou ser directa e verdadeira, como tento ser sempre, tenho pena do Angélico, estava no auge da vida dele, tinha sucesso, era famoso, aparentemente tem tudo para ter uma bela vida pela frente e acontece isto.... tenho muita pena dele... E pior, se ele melhorar, e eu espero que melhore, os problemas ainda nem começaram, ele conduzia um carro sem seguro, o que é duma irresponsabilidade brutal e uma pessoa morreu..... se não fosse ninguém conhecido era prisão garantida.
Em relação a Sónia, o sentimento é um pouco diferente, tudo o que lhe aconteceu foi provocado por ela, ninguém deixa acidentalmente os quatro bicos do fogão abertos, ela colocou a vida dos vizinhos em risco, e destruiu propriedades e bens alheios. Claro que ninguém merece estar no estado em que ela está, mas foi uma escolha dela, que não correu bem como foi planeada.

Todo este relambório para dizer, que infelizmente, se fosse uma pessoa comum a ter um destes acidentes, não teria metade da atenção, nem o nome se saberia (tal como a rapariga de 17 anos que continua internada, vitima do mesmo acidente que o Angélico), todos os dias ocorrem muitos acidentes e nunca sabemos de nada.
Acredito que as famílias destas pessoas prefeririam estar sossegadas e sem câmaras, e eu acho que têm esse direito, não me venham com as merdas de que o publico tem o direito de saber, pois isso é uma fantochada, o publico só tem o direito de saber o que as pessoas quiserem.
As melhoras para todos, os famosos e não famosos.

5 comentários:

EU SOU EU disse...

Acabei de publicar um pequeno post, com alguma relação ao acidente do Angélico...mas com uma pergunta mais profunda e talvez perturbadora...
Em relação ao teu post...tudo certo...infelizmente existe muita gente que vive a vida através da vida dos famosos (ou pseudo famosos)...

Nocas disse...

São vidas humanas, tenho pena claro!
Mas em relação ao acidente de Angélico é tão culpado como a Sónia.

Não vinha a 120km de certeza, não trazia cinto de segurança.. vinha num carro emprestado e sem seguro!! Que raio de mentalidade e sentido de responsabilidade a dele? Pensam que são intocáveis? Q só acontece aos outros?

Posso estar a chocar mts pessoas com esta resposta.. mas é o q penso!

Sara* disse...

Acabaram de dar a noticia na Sic Noticias, o Hospital acabou de decretar o óbito do Angélico....

Nocas disse...

Já se estava a contar com este final!! É triste, tinha 28 anos, uma vida pela frente. Mas ficar em estado vegetal? Antes assim.

Vamos ver o que acontece com a Armanda, rapariga de 17 anos que vinha também no carro.

Só espero que com tudo isto, os fãs, amigos, e o Pais em geral se lembre do uso do cinto de segurança, nada de excesso de velocidade, etc.

RIP

Vanda Saraiva disse...

Tenho pena enquanto ser humano, era um jovem na flôr da vida mas.... à velocidade em que ultimamente se anda nas estradas, podia ter acontecido a qualquer um e, o problema é mesmo esse - as pessoas vivem a achar que só acontece aos outros... mas, nem assim se aprende...