28 de maio de 2009

Os animais do volante


Não sei se já repararam, mas as pessoas ao volante viram bichos.....

No transito vê-se de tudo..... desde criaturas a tirar outras criaturas do nariz, mulheres a maquiarem-se, homens a barbearem-se (com máquina claro lol), pessoas a rirem e a falarem para o rádio, talvez na esperança de obter uma resposta, pessoas com cara de sono e a tirar remelas, pessoas sisudas, umas ainda a acabarem o pequeno-almoço, outras a cantarem, a falar ao telemóvel, mas nada disto incomoda quem vai noutros carros, tirando a parte de ver os macaquinhos a saltarem dos narizes.
O que consegue incomodar outros automobilistas é quando o a criaturinha que vai a nossa frente, vai colada ao volante e por isso a visibilidade é zero, logo não avançam, criando uma fila interminável, também não é nada agradável, os espertos que quando vêm uma dessas filas infernais vão até ao limite para passarem a frente de todos, não podemos esquecer os motards (não são todos, tem calma Hugo lol), que fazem razia aos espelhos, e quando têm de parar se apoiam nos carros com a mão.
Depois temos os que ao volante gritam com os outros (apesar de ninguém ouvir), gritam e gesticulam efusivamente.
Já me aconteceu, na 2ªcircular um anormal se meter na nossa frente e desatar a travar a fundo....... nunca tinha visto tal coisa, só um perfeito anormal é que faz uma coisa dessas, e depois arrancava, e voltava a fazer o mesmo, e tornava a repetir, mesmo a pedir um acidente, surreal......

4 comentários:

Trolha disse...

Falta aí uma, cortar as unhas!
Eu costumo fazer muito isso no trânsito da "Bê" "Cê" "Í".
Os macaquinhos, tiro-os em condução de auto-estrada, porque o vento seca-os na ponta do dedo, e assim é muito mais fácil de o "burrié" despegar.

carla disse...

o mundo anda virado,as pessoas andam passdas.Uma vez tinha 2carros há minha frente, transito parado, o 1º limpou o parabrisas, o sro do 2º carro passou-se saiu do carro e deu-lhe um soco...
só aqui vemos como as pessoas são autenticas bombas ambulantes....só precisam de pretextos minimos para explodirem...

Pipoca disse...

Ainda não panhas-te outras situações ...

Poderão estar fora do teu campo de visão claro, mas não do teu campo da imaginação !

Emídio disse...

Ora então aqui vai...
Ainda agora te disse que não costumo comentar, mas este merece, quanto mais não seja pela situação mais surreal que já presenciei.
Ora um belo dia de manhã, venho eu para o trabalho, quando assisto no carro que vai à minha frente a Exma Senhora, que não se pode chamar mais do que ANORMAL, se vira para trás e... qual não é o meu espanto quando verifico que ela vai dar ao filho, que vem sentado na sua cadeirinha no banco de trás, uma bela colherada de iogurte.
Digam lá se é ou não, no mínimo, uma inconsciência de todo o tamanho desta condutora?