10 de fevereiro de 2011

A solidão

Quando vejo noticias como a da senhora idosa, da Rinchoa que esteve morta no chão da cozinha, na própria casa durante 8 anos sem ninguém dar conta, ou o rapaz de 30 e poucos anos que há um ano também foi encontrado morto na cama, onde jazia á 7 anos, fico muito triste...
Como é que é possível que ninguém dê pela falta deles??
Todos os anos ouvimos noticias de pessoas que são abandonadas em hospitais nas alturas festivas pois os familiares não querem ter de tratar deles, ou mesmo aqueles que vagueiam pelas nossas ruas, sem rumo nem destino, e acabam por pernoitar num banco duma paragem de autocarro ou de metro.
É sempre triste pensar que, enquanto estamos com amigos ou no aconchego do nosso lar com a nossa família, existem pessoas que a companhia que têm é a televisão, ou o rádio, quando têm, pois alguns nem isso devem ter.
A questão da solidão não é um problema exclusivo dos idosos.
Sei que alguns têm essa vida pelas atitudes que tiveram ao longo da sua caminhada, e escolhas menos acertadas, mas ninguém merece ficar a mumificar na laje da cozinha ou numa cama durante 7 ou 8 anos, sem que ninguém dê pela sua falta...
Essas pessoas já sabem que pelo menos com as finanças podem contar para que os corpos sejam encontrados, pois a policia não entra em casa de ninguém, apesar dos vizinhos acharem suspeito deixarem de ver as pessoas, mas as finanças vendem a casa, com recheio, sem que vejam as casas e as suas condições primeiro.

5 comentários:

Pequena Lince disse...

Sarita! Volto a reforçar aqui aquilo que escrevi na Toca..nós semeamos hoje o que colhemos amanhã! Se é triste que ninguém se lembre de nós? É! Mas e o que fizemos no passado para evitar isso?
Ninguém merece mas é a realidade que temos.

Li disse...

Sara*

Estou como tu... é surreal... e muito mau...

Beijinhos

Vanda Saraiva disse...

Realmente, fiquei chocada quando vi as notícias. É triste pensar que ninguém dá pela nossa falta durante tanto tempo.

Beijinhos
Vandinha

dinona disse...

Aquilo que me admira é de facto as finanças terem leiloado uma casa sem nunca lá terem metido os penantes... muito estranho!!!

Em relação a alguém sentir falta, eu sou muito fria com isso, será que ela foi uma boa pessoa em quanto nova? Porreirita? Ou foi uma sacana de todo o tamanho... fica a pergunta no ar.

Heidi disse...

E viva as finanças! Nem Tribunal, nem GNR, nem Ministério Público, as Finanças é que vão dar uma sepultura à senhora.