16 de fevereiro de 2010

Carnaval


Apesar de muita gente dizer que não gosta do Carnaval, e que não gostam de se mascarar, tenho a certeza que não foram sempre assim, ou pelo menos espero que não loll.
Ao longo dos anos, já me mascarei de Fada, Zorro, Palhaça, Índia, Nefertiti, Bruxa, Dracula, Bebé, Homem, Coelho, Gata, Tropa, algumas foram repetidas, mas com as fatiotas diferentes, estas foram as que me lembrei agora.
E tu? a que é que já te mascaraste?
Em relação ás brincadeiras de Carnaval, não acho piada aos balões de água, nem ás bombinhas mão cheiro (uma vez nas aulas um colega meu teve a infelicidade de rebentar uma e a prof não nos deixou sair, ficamos lá a aguentar o cheiro ieeeecccc).
Nos cortejos de rua, não consigo perceber o porque dos tugas quererem imitar os brasileiros e as mulheres andarem quase despidas, não consigo achar piada, mas isso concertesa sou só eu.
Será que não entendem que lá é Verão nesta altura do ano????
Enfim o Portuguesinho acha que só está bem é a imitar os outros.

10 comentários:

Galo disse...

Eu só me mascarei em miúdo e poucas vezes. Normalmente vestiam-me a roupa da irmã e estava a máscara feita.
Se calhar é daí que me ficou este gosto de vestir roupa interior de mulher, por baixo da "fatiota" de machão eheheh.
Quando era mais novo gostava dos bailes (de carnaval e dos outros), porque era uma boa oportunidade de "agarrar a febra". Mas o carnaval nunca foi a minha festa favorita.

Beijo

omaiscomumdosmortais. disse...

Á primeira vista o Carnaval é só felicidade e alegria. Milhões de pessoas festejando. Mas basta a gente olhar com mais atenção que começamos a perceber um mundo erguido pela desigualdade social. No Brasil Bebés são encontrados no lixo todos os dias, a exploração sexual de crianças e adolescentes aumenta durante este período, hospitais lotados com pacientes que extrapolam na festa e arrumam confusões ou por bebedeira, acidentes de trânsito que a cada ano batem recordes, tanto nas cidades como nas estradas... Todos estes assuntos são relegados a segundo ou terceiro plano. O negócio é a folia, a festa, o vale-tudo, a todo e qualquer custo O carnaval nada mais é do que um festival de mentiras, onde todas a verdades se encontram escondidas por trás das fantasias, retocadas com pó de arroz a quem os média dão grande realce. Sabemos que o carnaval é definido como “liberdade” e como possibilidade de viver uma ausência fantasiosa e utópica de miséria, trabalho, obrigações, pecado e deveres. Numa palavra, trata-se de um momento onde se pode deixar de viver a vida como fardo e castigo. É, no fundo, a oportunidade de fazer tudo ao contrário: viver e ter uma experiência do mundo como excesso –mas agora como excesso de prazer, de riqueza (ou de “luxo”, como se fala no Rio de Janeiro), de alegria, de riso; de prazer sensual que fica – finalmente – ao alcance de todos.

Vandinha disse...

Eu quando era pequenina mascarava-me sempre de FADA. Não sei porque mas tinha uma fascinação pelas fadas, ao longo dos anos, a máscara foi mudando e já cheguei a mascarar-me de Pocahontas, Abelha Maia e até mesmo de Estrumfa.

Bom, este ano, a minha máscara foi a mais real de todas. Decidi mascarar-me de Grávida....ahahahhah

Beijinhos***

P.S. Não te preocupes que o Rui avisa quando o Gui nascer... isto é se ele não ficar desmaiado com a emoção durante muito tempo :D

Petra Pink disse...

eu quando era pequenita e adolescente mascarei-me de muita coisa: princesa, sereia, fada, enfermeira, noiva, boneca, coelhinho, cinderela, índia etc.
agora já não acho piada nenhuma ao carnaval o que não quer dizer q um destes dias não me anime para me mascarar...
Quanto ao facto de esse pessoal andar desnudado nos desfiles pelo menos já não precisam de batucada brasileira o bater dos dentes já substitui....
Podemos brincar ao carnaval sem andar a tiritar....
loool
Sara para onde te posso enviar um mail?

ricardo disse...

Eu sinceramente já axei mais piada ao carnaval do q axo agora e qd o tempo está como esteve este ano ainda menos vontade tenho de mascarar, pelo lado positivo axo q é sem duvida um dia ou uns dias em q as pessoas se divertem e nao pensão ou eskecem os problemas do dia a dia, em relação ao tentarmos imitar o brasileiro, axo q já deviam saber q nós tugas imitamos tudo o q vem de lá de fora...enfim

Emídio disse...

Ora bem, parece mais um dos teus posts direccionado à minha pessoa lol pelas últimas conversas antes de ires de FÉRIAS (AAAAHHHHHH que raiva).
Pois como te disse pessoalmente, não ligo nenhuma ao Carnaval, e tenho ligado mais ultimamente devido ao Tiago, como seria de esperar, não??? Também é verdade que quando era mais novo me mascarava (e foram muitas e variadas as fatiotas, desde Zorro a Cowboy passando por militar e bófia), agora uma coisa te digo, tenho-me fartado de "sorrir" em ares de "gozar o prato" só a pensar em: Aquelas gajas todas desnudadas a tentar dançar um samba, com um frio destes eheheh AHAHAHAHAHAAH, é muito bem feito, deixem-se estar quietinhas, que com o frio que estão a passar, com esses tremeliques todos, essas gelatinas abanam todas e até parece que estão a sambar LOLOLOLOLOL

Beijinhos e boas férias (estas já estão a acabar, venham as próximas lolololol)

Bloguótico disse...

Eu n tinha por hábito mascarar-me no Carnaval, mas depois da experiência de Cawboy Areias, digamos que lhe tomei gosto! Este ano foi a vez do Padre Bloguótico sair à rua! Quem sabe como será no próximo ano?!!! :D

Luzinha disse...

Já vieste ao carnaval de torres vedras?? acho que ias gostar imenso!! AHhaa

by_Pureness disse...

Realmente, eu não sai este carnaval. Mas pelo que vi na televisão era tudo a imitar os brasileiros :S eu é que lá não me metia com o frio e chuva!!!

E isso de mascarar, acho engraçado até desde de pequena que já não me mascaro.

Just Me...S disse...

Ui....adorei o carnaval e mascarei-me até bem tarde :)

Desde cowboya lol, a odalisca, japonesa, criada fina, saloia, hippie....xiiii....lista interminavel!!!

Beijoca doce