2 de fevereiro de 2010

Existem noticias que não queremos receber....

Se existe algo que me perturba é a morte.......
Não necessariamente a minha, mas a morte em si, o facto de deixar de ver uma pessoa, deixar de falar com ela, de a ouvir...
É algo que nunca pensamos quando acordamos, se vamos morrer nesse dia.
De manhã penso, no que vou jantar e tiro algo do congelador, sempre com o pensamento que ainda vou estar viva nessa noite.
Muitas vezes penso, se me acontecer alguma coisa, o que será da minha loira.... mas penso nisso como algo que não vai acontecer nesse dia.
A vida humana é muito forte, se pensarmos no tratamento que lhe damos, muitos consomem drogas, álcool, tabaco, comem comida muito pouco saudável, passam a vida a partir membros e a cabeça, fazem furos pelo corpo todo, e estão ali, para o que der e vier...
Mas também é muito frágil, basta uma queda mal dada, uma doença, e perdemos tudo.......
Hoje aqui no trabalho recebemos uma noticia terrível, um colega nosso teve um acidente de mota a caminho da empresa e faleceu, puffff e assim se perde um colega de trabalho, um amigo, um filho, um marido, sem tempo para despedidas, apanhando tudo e todos desprevenidos.
Faz-me muita confusão, a morte é tão injusta, tanta gente neste mundo que é má, e nada lhe acontece.
O V era uma pessoa cinco estrelas, sempre pronto a ajudar um colega, sempre com uma palavra amiga nas alturas mais complicadas, sempre bem disposto e na brincadeira.
Ontem falei com ele, ri com ele, hoje já chorei por ele.
Descansa em paz V

15 comentários:

Bloguótico disse...

Como disse um adepto, supostamente benfiquista, ao Pinto da Costa: "tanta gente boa que morre e tu não morres"!!
Seja como for, mais dia menos dia, mais tarde ou mais cedo, ela aparecerá!! É a lei da vida!!

Nocas disse...

Descansa em paz!! Vamos sentir a tua falta...

Carla disse...

Olá Sara é a primeira vez que faço um comentário no teu blog, mas este caso deixou-me mesmo muito sensibilizada.
Porque de manhã vinha eu para o trabalho como todos os dias, e não consegui descer as rua, toda a gente estava a mandar a malta dar a volta, a estrada estava msm cortada, lá fiquei eu a pensar, que bosta agora tão perto do trabalho que volta vou dar eu??? Bem a dois minutos do trabalho, tive de ir dar a volta ao "milhar" grande, lá pensei eu, mas lá fui sem perceber o que se passava.
Quando cheguei ao trabalho cerca de 40 minutos depois, disseram-me que a estrada estava cortada porque estava uma pessoa morta no chão, bem mesmo não conhecendo a pessoa, ficamos logo em estado de choque, e como trabalho nas motas o meu pensamento foi logo, pronto foi um motociclista de certeza.
Qual não é o meu espanto quando ao inicio da tarde a minha irmã me liga e diz, "olha a pessoa que estava morta na estrada é um colega meu, que trabalhava com o teu marido", e como eu previa foi mesmo um acidente de mota, como eu tenho medo desses "bichos", bem mesmo não conhecendo a pessoa ficamos a pensar que é como dizes não somos nada, saímos bem de casa e nunca mais voltamos, até doi a alma. Como vocês dizem que descanse em paz, pois pelo que o E. diz e a minha irmã o V. era mesmo cinco estrelas......
Desculpa este meu tão longo desabafo, mas é talvez pelo meu estado de graça que ainda fico mais sensível.....

Diana disse...

É muito triste quando uma pessoa deixa de existir de um momento para o outro.
É muito triste quando de manhã, nos despedimos da pessoa que amamos, pensamos que a vamos ver à noite, como de costume e...já lá não está!!!!
A vida é muito frágil, muito inconstante e incerta. Não sabemos o que nos reserva o futuro, mas sabemos como estamos no presente e hoje, hoje sinto-me vazia, pois perdemos um verdadeiro colega, um amigo!!!!
Estejas onde estiveres, a magia da tua existência vai-nos acompanhar. Fizeste parte da vida de muitas pessoas, fizeste parte deste mundo e, para nós vais continuar a fazê-lo, pois esquecer-te é impossível.
Estejas onde estiveres amigo, que estejas bem.

ricardo disse...

É certo q a morte nao escolhe idades , sexos , alturas e momentos, mas o q dá mais raiva nestos casos é questionar-nos com tanta merda q anda aí e esses nao morrem , á semelhança q uma pessoa já disse aki, realmente dá raiva, é injusto, sim é mt injusto, ainda para mais uma pessoa q era sempre bem disposta, sempre disponivel para akele cumprimento e mais uns dedos de conversa, bom colega de trabalho, descansa em paz amigo, terei sempre 2 imagens tuas , qd xegava e saia do trabalho....

Helena disse...

Gostei muito do que escreveste e dos comentários que lá estão.
Porque será que a erva ruim persiste e uma pétala de uma flor campestre desaperece com um simples sopro?
A vida é cheia de injustiças e esta perca é uma delas.
Mais uma vez me despeço de um Colega com muita tristeza e mágoa, desejando que descanse em Paz.
Tem Colegas e Amigos que nunca o irão esquecer e a sua imagem irá permanecer nas suas mentes por muitos e longos anos.
Adeus Amigo!

Luzinha disse...

Nestas situações nem sei o que dizer... :'(

Petra Pink disse...

concordo com o Ricardo..... tanta porcaria imunda q anda aí.
sem trabalhar a fazer mal ao próximo.
E morre quem não devia quem merecia viver uma vida plena de coisas boas.
E ainda dizem que ha Deus e que os leva porque escolhe os bons?
Em fim creiam nisso................

мเรร נ๏ลиล disse...

força nisso!!!!

é muito complicado.. e por vezes tambem penso da mesma maneira!

beiJOANA

Carla disse...

E o que dizer nestas situações :/

Vandinha disse...

Não há nada que nos prepare para estas súbitas perdas...

Beijinho grande,
Vandinha ***

patricia costa disse...

realmente nao ha palavras para este acontecimento nas nossas vidas mas verdade é k é o mais certo k temos pela frente apesar de ser dificil de suportar e encarar.
os meus sentimentos a familia do vosso colega.
bjos

Galo disse...

A morte é a única certeza da vida, mas nunca nos habituamos a ela. Faz sempre confusão, especialmente quando são pessoas novas, com tanta vida por viver e de repente acaba tudo.

Beijinho

edmundo disse...

Descansa em Paz V

Emídio disse...

Ainda não tinha vindo comentar...
Faz hoje precisamente uma semana que o nosso Amigo e colega (sim, era mais amigo que colega) partiu sem deixar aviso prévio.
Como muitos sabem, e estava fora e ainda continu-o no mesmo sítio e só soube desta triste notícia às 16:00 desse dia, fiquei desoladíssimo e arrasado.
Felizmente ou infelizmente, não sei, não estava nem estive nesses dias, e a dor que se passou no trabalho não me afectou muito, passei a minha dor sozinho.
Lembro-me daquele sorriso matinal que ele todos os dias trazia, era uma alegria falar com tão boa disposição logo pela manhã.
Como já aqui foi dito, é pena que muita merda que por aí anda não parta primeiro que os que tanto gostamos, admiramos e respeitamos.
Um forte e saudoso abraço, amigo V., onde quer que estejas, espero que estejas bem (ah, e não querendo ser egoísta, V., peço-te um favor, vai dando aí um olhinho por todos nós que temos saudades tuas)