16 de agosto de 2010

Emigrantes com fartura nas estradas portuguesas

Este fim de semana o destino foi Santa Comba Dão, mais propriamente o Outeiro, terra do pai do R.
O Avô dele e os tios ainda não sabiam do novo membro da família que está a caminho, como era de esperar a felicidade foi mais que muita.
A Estrela adora lá ir, é o fim de semana inteiro sem trela e coleira, entra e sai de casa quando quer, anda lá pelo terreno ,livre como uma cadelinha gosta lolll
E ainda teve direito a banhos na Praia Fluvial da Senhora da Ribeira, foi a loucura lolll
A viagem daqui lá faz-se bem, mas se, e só se, não for feita em Agosto e em plena mudança de quinzena, acho que nunca tinha visto tanto carro de emigrante junto creeeedo, tudo rumo ao Norte, na A1 a coisa anda se faz bem, agora o IP3 é uma vergonha, como é possível só existir uma faixa???
Foi preciso ir a Santa Comba para encontrar uma amiga minha que já não via a muito tempo, e mora a 20 minutos de mim, o mundo é mesmo pequeno.
Quando viemos para baixo a mesma coisa, mas desta vez foi sempre a andar, não chegámos a parar como na sexta feira.
Realmente o mês de Agosto é mesmo o mês do emigrante, na Praia fluvial eles lá estavam, com geleiras ás costas, farnel para o dia inteiro, a falarem muito alto e claro a maioria como vem da Suíça e de França, só falam em Francês, de vez em quando lá se distraem e falam português, nunca entendi o porque desta mania, enfim...
Uma coisa é certa, a avaliar pelos carrinhos que vi, os meninos andam todos bem montados lolll

4 comentários:

aquae flaviae disse...

lolllllllllllllllllllll

Agora já sabes porque é que eu EVITO ir a Chaves no mês de Agosto... é horrível...
O pior que me aconteceu foi quando vivia lá e tinha um part-time a fazer atendimento ao público num departamento da Câmara Municipal. Nesse ano o municipio decidiu começar a cobrar as taxas de lixo nas aldeias, o que dava uns 50 escudos na factura da água... Enquanto que os velhotes humildes das aldeias iam lá e lhes explicavamos o que era aquilo concordavam que realmente era justo já que na cidade se pagava há mto mais tempo, no mês de Agosto plantaram-se lá centenas de emigrantes e foi uma peixeirada... sempre a berrarem e a dizer que "lá na FRRRRANCE não é assim, blá blá blá".
Enfim... também tenho emigrantes na familia e eu própria sou uma migrante mas não há nada dessas manias!

O interior do país é lindo não é??!! ;)

Petra Pink disse...

bem montados???? passam o ano todo a trabalhar para alugar uma máquina para mostrar a la famillee. enfim.

mythic disse...

25% da população de onde moro e so avecs , e por todo lado o tradicional ...sabrina bien ici , olha arranje-me 1 paquete de cigarros ..., meu ate irrita, será que se esqueceram de falar português? e o exibicionismo deles mete nojo , e como o aquae flaviae disse..."lá na FRRRRANCE não é assim, blá blá blá". entao porque raio veem pra ca meter nojo?

ricardo disse...

Exibirem o q??? so se for a ignorancia e a estupidez, nao estou a falar no geral mas se calhar 50%, axo lindo akeles q cá nao kerem ter certos trabalhos e dps vão para lá limpar sanitas mas dps xegam cá e dizem q lá ganha-se mt bem e tem um trabalho mt bom lolll é so rir, já para nao falar a bela condução q fazem na estrada...enfim , de resto axo q é de louvar o regresso ás origens e á familia , mas por favor sejam humildes e sinceros