3 de novembro de 2010

Desconfiar

Ainda sobre o roubo que aconteceu aqui no meu local de trabalho, é normal que exista um clima de desconfiança.
Muitas têm sido as teorias da conspiração desenvolvidas em torno do desaparecimento do dinheiro da sociedade do euromilhões.
Fala-se numa das que menos simpatizantes tem aqui, pelas suas atitudes e falta de carácter, que para agradar o chefe (por ele, apesar de também pertencer a sociedade, ter dito à uma semana, que a mesma deveria acabar, pois se um prémio grande saísse muita gente se ia embora).
Tentaram acusar as senhoras da limpeza, o que para mim e para a maioria é um perfeito disparate, elas mal tocam nas mesas para limpar, quanto mais para roubar loll
O que é certo, é que desde ontem que não se fala de outra coisa
Quem será que nos roubou o dinheiro??
Porque é que a policia não foi chamada?
A sociedade deve continuar ou não?
Eu não sei responder a estas questões, o que eu sei, é que dou valou à confiança, e uma vez que esta se perde tarde ou nunca tem volta.
Eu não sei como é que certas pessoas conseguem viver em desconfiança, casais que verificam os telemóveis uns dos outros, sempre a procura de algo que incrimine o seu par, ou remexem carteiras e bolsos à procura de talões, cheiram a roupa para ver se detectam cheiros de perfumes que não consigam explicar....
Como se consegue viver com desconfiança???
Eu não consigo, se não existe confiança, para mim não existe relação, seja ela de que tipo for.

4 comentários:

Patife disse...

Há quem aprecie viver na corda bamba. A atracção pelo abismo é um síndrome em expansão. ;)

Emídio disse...

Bem Sara, como tens reparado, eu não tenho passado muito por este teu cantinho.
De facto anda no ar um clima de desconfiança terrível.
Quanto a mim passa-me um pouco ao lado, até porque estou de consciência tranquila, chateado, mas tranquilo.
Quanto às tuas perguntas, não faço a mais pequena ideia de quem nos poderia roubar o dinheiro, também não consigo entender porque não se fez nada ou se chamou a polícia, agora quanto à continuidade do euromilhões, eu acho que deveria continuar/recomeçar.
Beijinhos

Nocas disse...

Aqui/aí há gato (ñ és tu R.) ou rato! Ou gato & rato, lda.
Adorei o e-mail do nosso administrador, que concordo plenamente!
Seja como for, a partir desse sucedido, sp que for ao wc/café/lanche levo a minha mala e respectivos pertences valiosos.
Biba o Porto carago :)
Beijinhos

Petra Pink disse...

heheeheh ja te disse que gosto de ti moça.... viver com desconfiança nunca!