3 de novembro de 2009

E o teu primeiro amor, qual foi?


Ao longo da nossa vida, muitas são as pessoas que se cruzam no nosso caminho, umas ficam e caminham numa estrada paralela a nossa, continuam presentes, não quer dizer que estejamos com eles fisicamente, mas sabemos que quando é necessário um ombro amigo ou apenas alguém para falar eles estão a distância de um telefonema ou de um email.
Outras tiram bilhete de ida e nunca mais voltam...... (são os que não nos fazem falta).
No entanto, no meu entender existem alguns que nunca esquecemos, mais que nao seja uma imagem que ficou, uma recordação, estou a falar do primeiro amor, o primeiro namorado(a).
No outro dia o R disse ali vão os pais da Cláudia, a primeira namorada dele.
O meu primeiro amor foi o João Q, não o vejo a anos, quando namorei com ele tinha 13 anos e praticamente desde ai que nunca mais o vi, falamos muito pouco, um mail ou outro, muito de vez em quando, apenas sei que já é pai e que está muito feliz, e eu fico feliz por ele, era um bom rapazinho, espero que continue a ser e que continue a percorrer o caminho da felicidade, tal como eu.
Não quer dizer, que ainda nos despertem sentimentos, mas o carinho do primeiro amor a de um bom amigo (a) acho que é saudável que fique.
E tu? ainda te lembras do nome do teu primeiro(a) namordo (a)?

5 comentários:

Pipoca disse...

Lembro-me perfeitamente da minha 1paixão, ele era Gay !Cada vez que me via o cú dele piscava de alegria.Que triste que fiquei ...

Bem Caguei ... tive outras paixonetas, mas foram todas de lambretas.

Encontrei o meu actual companheiro, no Liceu ...
olhares, sorrisos, uns truques com as mamas lá engatei o R.Já estamos juntos à 12 anos e posso dizer que somos felizes à nossa maneira e que ele é de facto o meu primeiro e até à data o meu único amor.

Rita disse...

Lembro-me perfeitamente do meu primeiro namorado...chama-se Nuno...não o vejo há anos, sei que está divorc, iado e tem uma filha...foi naquela altura uma grande paixão, tinha uns olhos verdes de parar a respiração...:-). Depois foram surgindo outros uns mais intensos que outros (um dos mais intensos foi ontem pai) mas estão todos guardados numa caixinha...se entraram na minha vida foi porque deixei...não tenho prazer nenhum de dizer mal dessas pessoas só porque me possam ter magoado...Desejo-lhes tudo de bom e por vezes há males que vêem por bem...se tivesse ficado com algum deles não tinha crescido o que cresci e não estava com quem estou hoje...
Beijinhos
PS: É sempre bom recordar...

Nocas disse...

Perfeitamente!!! Bruno ... foi sem duvida a 1ª e grande paixão. A nossa história é engraçada, conheci-o numa briga, qd os tentavamos separar. Nem fazia ideia que era irmão de uma amiga minha. Achei-o super giro :) 3 meses depois encontrei-o num bar, e através de 3ºs começamos a falar, e acabamos por namorar durante 3 anos e tal.
Mas tudo tem um fim. Não fica magoa, antes pelo contrário, foi mt bom conhece-lo e partilhar vários momentos com ele. Tenho pena de não sermos bons amigos. Mas tem um cantinho no meu coração, assim como outras pessoas que passaram pela minha vida.

FAQ(er) disse...

O meu primeiro amor foi uma moldura. Arranjei-lhe um espelho e ainda o tenho numa parede lá em casa. (vendo bem, eu nem sequer tenho casa... quase um sem-abrigo)

Petra Pink disse...

era lindo, doce, moreno e tocava guitarra.
era algo de intenso e maravilhoso que nunca irei esquecer.