4 de novembro de 2009

Medos


Medo!!!!!!

Só esta palavra tão pequenina já intimida, quando se fala em medo pensamos logo em algo mau, horrível ou nojento.
Eu assusto-me facilmente, mas não me considero uma pessoa medrosa, tenho receio de arrecadações, nunca gostei de lá ir sozinha, levo sempre a Estrela comigo (como se ela me protegesse loll, mas ao menos não estou sozinha), e quando estou sozinha em casa e vou tomar banho fecho-me na casa de banho com a minha cadela e tranco a porta de casa, tenho nojo de algumas coisas, como por exemplo, ratos, animais rastejantes, bolor (odeio mesmo, já me aconteceu comida se estragar numa caixa de plástico e foi tudo para o lixo, caixa incluída, para não tocar naquela coisa nojenta), resumindo até tolero muita coisa loll
Há pessoas que têm medo de morrer, outras de ficarem numa cadeira de rodas, outras de serem traídas.
Há quem tenha medo do escuro, de caves, de andar de noite na rua, do mar, existem pessoas com medo de coisas que para muitos de nós são ridículas lol.
Sinceramente não tenho medo de morrer, tenho mais medo que aconteça algo a alguém da minha família, e de acabar sozinha, sem ninguém ao meu lado, abandonada pelas pessoas de que gosto.
Infelizmente muitos são os velhinhos (é mais carinhosos que idoso) que, principalmente na altura do Verão e do Natal, alturas em que mais tempo têm para passar com a família, são largados em hospitais e lares, ficam lá depositados como um artigo velho que já não se quer mais, como se fossem algo descartável.
Só se voltam a a preocupar na altura das partilhas, nessa altura choram e choram, eu entendo que por vezes não existe maneira de tratar duma pessoa doente sozinho, mas não é desculpa para o abandono.
Essas atitudes fazem-me confusão.....
Não era capaz de tal barbaridade!!
Espero que, se um dia tiver filhos, e que eles cresçam e eu envelheça, não me calhe tal infortúnio, espero conseguir incutir os valores certos, para crescerem minimamente preparados para esta selva que é o nosso mundo.

7 comentários:

Pipoca disse...

A Solidão também me assusta, não tenho filhos, irmãos, sobrinhos, cunhados, os meus pais não duram sempre e o sucesso amoroso nunca é garantido!Tenho Primos, tios,amigos mas esses têm as suas vidinhas ...

Mas como dizem os peritos, em 2012 vai acabar o mundo, por isso para quê me preocupar ?!

Ah tb tenho nojo de algumas coisas, mas isso não tem nada haver com medos.Medo,tenho medo de doenças,dos espiritos, mortos etc ...

Nocas disse...

Buuuuuuuuu!!! Espiritos, mortos Pipoca?
Eu estou cá para te proteger!! E qd envelheceres vou estar ao teu lado a fazer tricô... mas não me peças para te mudar a fralda!!

Falando de coisas sérias.. a velhice é sem sombra de duvida o q mais me assusta! As doenças também... e neste momento, muito mais.

ricardo disse...

Akilo q me assusta mais é sem duvida a morte ou doenças q nao possam ser curaveis , isso realmente assusta-me, e como é obvio q aconteça isso a pessoas chegadas a mim, esse é talvez o meu maior medo, tbm tenho medo da solidao e por vezes penso em pessoas q estão sozinhas o quanto deve ser triste e horrivel nao ter ninguem por perto...
Por ex agora o meu avó q está praticamente sozinho, tenho bastante pena dele , por isso kero o visitar mais vezes , este é tbm um dos meus maiores medos.

Pipoca disse...

Oh tão fofi a minha Nocas ! Mas tu cheira-me que vais regressar ao Alentejo ... vais-me abandonar, por um chaparro! Alentejana de um cabrão.

Bem estou a ver que bem posso ficar com a pita e o cu assado ... não me mudas a fralda !

Hás-de cá vir para eu te ajeitar a dentadura ...

É verdade,detesto cemitérios ... mortos, espiritos assustam-me. Não acreditas que existem?Eu acredito... Imagina tu estás a fazer um bóbó, estás de costas não vês ... e BUUUUUUUU, tens um ente querido mesmo atrás de ti a tirar as medidas do teu rabo. Ah pois é bébé, amdas a ver filmes a menos lolll

Nocas disse...

Se for para o Alentejo, levo-te cmg.. partilho o meu chaparro ctg!!
Sabes que não sou egoísta..

Em relação às fraldas.. arranjo um alentejano para tratar disso. Tens é que ter cuidado com o cajado!!

Olha, se tiverem a tirar as medidas, paciência.. desde que não façam nada para atrapalhar.

Anne disse...

ei tenho medo da morte, do escuro e de aranhas... :P
o resto suporto bem. :)
quanto à solidão, vejo isso de uma maneira mt próxima com o meu avó mas eu tb não posso abdicar da minha vida para que ele venha morar comigo. (ele mora sozinho)
até pode parecer que sou má neta ou assim mas o meu avó não tem uma personalidade fácil e eu ainda estou mt no início da minha vida em casal. Não posso abdicar da minha própria família. além disso ele tem filhos, o problame é que um mora na suíça e outro a 50kms dele. é complicado.
e como não tenho carro não tenho mts possibilidades de o visitar tantas vezes.

MarKekas disse...

Esta Pipoca não existe! Aparecer um espírito enquanto se faz um bóbó!? LLOOLL!!!

A Anne é cá das minhas.. eu tenho terror de aranhas! Abano todo quando vejo uma. Quando vou à terriola, a minha missão nº 1 é pegar no tubo da laca da minha mãe e num isqueiro, e ir queima-las todas pelos cantos da casa! Lá no fundo até tenho pena delas, pois adoro animais e estou-lhes a dar cabo da vida.. mas o terror fala mais alto!

Tb tenho medo de morrer e de como vai ser a minha velhice, apesar de achar que não chego lá, lol.

Já tive mais medo da solidão, mas também é bom estar-se sozinho e saber-se estar sozinho. Sem stress.. pois as coisas têm o seu momento para acontecerem.. :o)