11 de março de 2010

Comprimidos

Por norma não sou pessoa de ir ao médico, a menos que não aguente de dores, ou seja mesmo obrigada.
Tomar medicamentos então, xiiiii sou do pior, a menos que seja o Maxilase, xarope docinho, até marcha loll.
Mas a mim, o que me custa horrores é engolir comprimidos, por mais pequenos que sejam, revestidos ou não, não os consigo engolir só com água, tenho de ter algo comestível na boca, e na hora de engolir, acrescento o dito, assim vai, de outra maneira nem pensar.
Uma das ultimas que fui ao dentista, ele deu-me uns comprimidos, a minha cara de pânico invadiu-me, sabia que não ia conseguir tomar aquilo apenas com água, não fui de modos, toca de trincar e mastigar os comprimidos loll, haviam de ver a cara do dentista de agoniado, e com razão aquilo não soube nada bem, mas fez o efeito para o qual foi concebido e eu não fiz figuras mais tristes ainda a frente do simpático doutor loll.
Ainda hoje de manhã, me engasguei toda com uns que tenho de tomar agora, e são bem pequeninos, aquela merda fica a meio caminho da garganta e eu sufoco, é horrível :(
Quando me querem receitar alguma coisa pergunto sempre, isso existe em xarope????

6 comentários:

Petra Pink disse...

hahhahahahhahahahhahahha. lolll detesto comprimidos mas nao por causa do sufoco, mas sim porque sabem logo mal após o contacto com a língua. beek

Bloguótico disse...

Nao me recordo da última vez em que tomei comprimidos, mas recordo-me que domino a tarefa!! O segredo estará em colocá-los debaixo da lingua... comigo resulta na perfeição! :D

Just Me...S disse...

looool!!!! Garganta de passarinho hehehehe

beijoca doce

Cromo disse...

Há quem prefira supositórios eheheh.

Aquae Flaviae disse...

Eu não tenho nenhum problema em tomar comprimidos, mesmo aqueles enormes lol
Mas de há uns anos para cá custa-me a tomar o ben u ron, aquela porcaria cola-se-me na garganta, que treta!

Vandinha disse...

Cá em casa quando fico doente estou sempre a levar das orelhas do Rui... quase que me enfia os comprimidos pela goela abaixo, para eu me tratar.
Por exemplo, para curar uma gripe, eu prefiro o método tradicional: leitinho com mel. Sou como tu, evito a todo o custo médicos, hospitais e afins...

Beijinhos***
Vandinha