5 de dezembro de 2010

Crise??? Onde? Quando? Quem?

Ontem comecei as minhas compras de Natal......
No sábado de manhã tive de acordar cedo para ir fazer as minhas ultimas análises como grávida (credo dito assim é que noto que está quase), e como já estava-mos acordados aproveitá-mos e fomos ao Cascaishopping, cheguei lá por volta das 10.15h, já há muito tempo que não via aquilo assim, estava um espectáculo, sem filas nas caixas das lojas, circulavas sem obstáculos humanos nos corredores, muito bom mesmo.
Ontem despachamos já algumas prendas, mas ainda estamos longe do fim.
Quando chegaram as 12h começou a ficar caótico, estava na hora de abandonar aquele lugar.
Como é que dizem que estamos em crise?
Eu vejo as pessoas a comprar compulsivamente, andam com sacos até ao pescoço, o que me faz confusão, é pensar que muitas, para darem prendas, vão andar a estoirar visas, que depois andam o resto ano a pagar.
Porque não cortam nas pessoas a quem oferecem prendas?
Eu tenho pessoas da minha família que não dou prendas, se nunca estou com eles, porque vou dar prendas???
Quem tem direito a prendas?
Para mim, são as pessoas que me dizem algo, sejam família ou não.
Com o tempo que esteve ontem, fiquei o resto da tarde em casa e hoje cheira-me que vai ser o mesmo, não fazer nenhum e estar em casa, ás vezes sabe tão, mas tão bem não fazer nada.

2 comentários:

Sissy disse...

Treta mesmo! Estão os Centro Comerciais todos cheios e tudo abarrotar por tudo quanto é canto! Crise é muito engraçada... mas a realidade é que continuam a gastar o mesmo dos outros anos!

Beijooo*****

Petra Pink disse...

sarita tens toda a razão, eu vou dar poucas prendas e não a todos da família, só aos que me dizem algo, coisas simples mas com afecto, mas darei a 3 ou 4 amigos que são mais do que muitas pessoas afastadas de família que raramente vejo! bjo.