9 de dezembro de 2010

Ser saco de boxe é que não


Eu sei que por vezes digo que tenho vontade de bater em certas pessoas, ou porque são vacas de duas patas e não tenho paciência para as aturar, ou por serem pessoas aproveitadoras, que abusam de outras e passam por cima de quem for para atingirem um fim, mas no fim, não bato em ninguém lolll
Agora o que não entendo, é quem leva tareias e não faz nada para mudar isso.....
Em pleno século XXI existirem mulheres e homens também, mas são as mulheres as que mais apanham, que levam tareias de meia noite, no seio de suas casas, onde supostamente se deveriam sentir seguras, e não fazem nada para mudar isso, dá-me a volta ao estômago....
Não me venham coma desculpa que é por causa dos filhos, muitas delas não têm filhos, e as que têm, deveriam pensar que esse ambiente também não é saudável para as crianças, e que mais cedo ou mais tarde também elas passam a ser vitimas de maus tratos, ou por crescerem nesse ambiente, acham que esse tipo de comportamento animal é considerado normal.
Eu nunca tive nenhum namorado que me levantasse a mão, mas acho que se algum tivesse tentado levava logo outra a seguir, não tenho feitio para me ficar, e o facto de medir 1,71 também intimida um bocadinho lollll
Agora a sério se alguém que me estiver a ler, estiver nessa situação, deixem esse animal, não há nada que ele possa dizer ou fazer que vá mudar a merda de pessoa que ele ou ela é, essa gente não muda nunca.
Não se agarrem a estabilidade financeira ou estatuto que essa relação de merda vos possa dar, nada vale a paz de espírito e a felicidade, de ser livre.
Ser livre de ter opinião contrária da outra pessoa, de não ser culpada do dia ter corrido mal, do jantar ter arrefecido, ou de outra coisa qualquer.
Já fiz um post uma vez sobre este tema, mas acho que nunca é demais, infelizmente muita gente vive este terror, e irrita-me não fazerem nada para mudar isso.
Tudo na vida tem uma solução, e viver em constante medo não é vida para ninguém.

2 comentários:

Vera, a Loira disse...

De facto, também não consigo compreender como há pessoas que conseguem viver assim, mas ainda há e muitas.

Bem, se fosse comigo acho que lhe partia os dentes todos (Sou tão Fote)

Petra Pink disse...

o problema não é só esse, essas mulheres quando tentam fazer justiça, ou procuram ajuda da polícia que as devia proteger, só obtêm em troca respostas pouco subjectivas e protecção quase nula.
Normalmente uma queixa pode enforecer o agressor.
E elas ou eles claro não estando protegidos devidamente, acaba por ser pior.
Claro que concordo com o que dizes, mas acredita que h+a situações em que devido às leis deste nosso país, e ao deixa-me estar quieto por parte das autoridades que muitas delas não fazem queixa.
beijo enorme.