31 de março de 2011

Mas porquê?

Mas porquê? Hoje em dia toda a gente se lamenta por alguma coisa, Ou são os juros que não param de subir, O patrão que não valoriza o trabalho, Os combustíveis que não param de aumenta, O dinheiro que não estica, O transito que todos os dias é infernal, A chuva que não vai embora, O sol que não chega, A amiga que não sabe o que fazer da vida, O marido que só vê futebol e não liga a mulher, O cão da vizinha que não para de ladrar, O blog que não aceita parágrafos Os fins de semana que são curtos, O homem do café que se enganou no pedido, A trampa de cão pelo passeio, O governo a cair, A chegada ou não do FMI, Só se ouve é as pessoas a lamentar, chega, comecem a valorizar o que têm de bom na vida, por mais pequeno que seja, se andarem mais descontraídos vão ser muito mais felizes :) E se não conseguirem, não estraguem a felicidade de quem vos rodeia

6 comentários:

Pepper disse...

"...O blog que não aceita parágrafos..."? What??
Tnes razão, é só gente choraminga e chata por aí. Não percebem que quanto mais se queixam mais aborrecimentos atraem.

Sara* disse...

Não vês o meu texto todo corrido?? loll Não é por eu querer lolll

dinona disse...

No meio disso tudo que escreves-te aquilo que realmente me irrita e deprime é mesmo o blogger de vez em quando não fazer parágrafos, ou então faz duplo parágrafo (o que me irrita ainda mais).

Vou queixar-me ehe

Bloguótico disse...

Por mim, nada de lamúrias! Palavra de Blgoguótico... se é que vale alguma coisa! :p

Vanda Saraiva disse...

Sim, raras são as pessoas que valorizam o facto de todos os dias respirarem, poderem ver ou andar, ouvir, terem emprego fixo, poderem ter filhos.... irra. Pessoal mal agradecido!

Petra disse...

sim sim caralho andam sempre com o cu virado.
Com umas trombas que metiam o elefant do zoo num canto.
que nervoseira. bjo sarita.