12 de outubro de 2010

Preocupação do momento e do futuro


Acho, ou melhor, sei que ando a sofrer por antecipação, mas não consigo evitar pensar em certas coisas.
Eu tenho dado comigo a pensar em coisas, que na realidade só terei de me preocupar daqui a muito tempo, mesmo o tempo passando a voar como ele passa.
Eu ando preocupada com o Futuro da minha filha lolll, sim dessa filha que ainda está para nascer, não tenho outra.
Eu ando preocupada, pois vivo em frente a uma escola secundária e uma preparatória e vejo os miúdos de hoje em dia, alguns deles eu apanho a fumar ganzas as 8.30 da manhã, e ainda olham para nós como se fossemos aves raras, só me dá vontade de lhes bater.
Vejo os miúdos com calças tão descaídas que se atravessam a estrada a correr têm de segurar nelas para não caírem, vejo as miúdas com ar de quem vai atacar depois do expediente, só gritam e metem-se a frente dos carros eles que parem se quiserem, deve ser o que eles pensam.
Quando eu andava na escola chamavam a minha geração de geração rasca, na verdade somos a geração á rasca como alguém disse um dia, mas eu tenho consciência que éramos miúdos mais educados do que estes de agora.
Estes são mal educados com as pessoas da rua, com os professores, com os pais.... não entendo o que se passou, acho que de repente deram tudo aos miúdos e eles abusaram, não souberam aproveitar a liberdade que lhes foi dada, talvez a nova fornada que ai vem seja melhor, ou não...
Ainda ontem falava dos tempos em que ia brincar para rua aos fins de semana e a sexta e sábado a noite, a regra era não sair da praceta, e os pais estavam descansados em casa, (de vez em quando iam a janela ver se estava tudo bem ou mandar dinheiro pela janela para irmos buscar alguma coisa que faltava a mercearia do Sr. Manel, hoje em dia isso não se vê em lado nenhum, as crianças não brincam na rua, pois ninguém fica descansado com isso, a menos que viva num condomínio ou numa vivenda.
Eu fiz escolhas certas e outras menos certas, mas nada de muito grave.
E por saber a facilidade com que se chega a tanta coisa é que me dá receio, fora as coisas que na altura da Mariana eu nem vou sonhar que existem lolll, tal como aconteceu com os nossos pais.
Tenho de ter calma, e pensar que só tenho de preparar a Mariana da melhor maneira possível, passar-lhe os valores que me foram passados a mim, e esperar que ela opte escolhas acertadas, quando não fizer, eu estarei lá para a apoiar.
Sim eu sei que ainda falta muito tempo, mas grave seria se eu não me preocupasse com estas coisas certo?

5 comentários:

Petra Pink disse...

é compreensível Sara, ainda para mais com aquilo que vemos... O que penso é que os pais hoje em dia são permicivos de mais, para compensar o facto de não estarem tão presentes enchem os meninos de prendinhas desnecessárias e dão-lhes uma liberdade que não os ensinando a lidar com ela, os leva a comer o fruto proibido, a abusar, a serem mal educados e desafiarem tudo e todos.
Ao contrário da nossa geração que tinhamos respeito aos pais e professores eles não têm porque não levam uma bofetada na hora certa e os pais parece que tem medo de dar um raspanete aos meninos.
Mas não te preocupes, curte o momento da maternidade e acredita que terás competências para não deixar que a tua filha seja o que vemos por aí...
Porque se ainda vemos e sabes que vemos crianças e adolescentes educados, é porque com regras é possível fazer a diferença. bjo

dinona disse...

Eu acredito piamente que isso é da educação que os miúdos recebem.

Acho que os pais são demasiado permissivos e tentam dar aos filhos o que não tiveram e claro que quando os mimam e não corrigem acaba sempre por ser uma desgraça.

Mas eu acredito que a Mariana vá ser uma miúda às direitas, porque acredito que vocês são uns pais que darão educação como deve de ser.

E uma palmadinha na nalga não faz mal a ninguém :)

Me disse...

Minha querida, é natural que penses nisso e até que te preocupes.

Mas, pensa que felizmente muitas dessas atitudes dependem antes de tudo, dos próprios pais! Ou seja, estará (grande parte do futuro da Mariana) nas vossas mãos como pais encaminhá-la.

Por outro lado, não vale a pena sofrer por antecipação com algo que pode nunca vir a suceder!

Bisouxxx

Nocas disse...

Como eu te entendo.
A Bolinha de Sabão tem 9 meses (que passaram a voar, por sinal) e nós já nos preocupamos com tudo isso!
Ainda ontem, em casa dos meus sogros vi pela 1ª vez o novo concurso da TVI - A Casa dos Segredos.
E oiço a avó da Madalena dizer:
- Ana, será que voce vai estar a criar uma filha para isto?!
Consegui concluir que elas são bem piores em termos de educação, valores, etc do que os eles!
Para não falar da maneira de vestir e de estar.. a tal que é mãe de 2 filhas, deixou-me escandalizada!
Alta mini saia, sandálias agulha, tal qual uma striper - deitada de barriga para baixo, pernas para cima virada com o rabo para a câmara!
Eu sei que é isso que eles (produtores) querem! Mas o que será que as filhas dela vão pensar?!
Que valores está ela a transmitir?
Será que sou eu que tenho uma mentalidade ainda mto fechada?! Sinceramente, não me parece.
Enfim, vamos aguardar para ver o que o futuro nos reserva!

Olga disse...

Pois Miguita,
Vêm as crianças, vêm as preocupações!!! Mas acho que não deves sofrer por antecipação, pois até lá as modas podem ser outras... Não quer dizer que "melhores", no entanto, a minha sobrinhita Mariana, vai ter umas boas bases de educação!!!
Por agora, acho que deves gozar o "teu momento de graça", pois acho que são momentos únicos!
Jokinhas grandes às duas